Vaticano anuncia o título da Exortação Apostólica Pós-Sinodal sobre a Amazônia

O título da Exortação Apostólica pós-sinodal do Papa Francisco, resultado da Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a Amazônia, realizada em outubro de 2019, será “Querida Amazônia”.

Assim informou nesta sexta-feira, 7 de fevereiro, a Sala de Imprensa da Santa Sé, por meio de uma convocatória à imprensa, na qual anunciou a apresentação da Exortação Apostólica para a próxima quarta-feira, 12 de fevereiro, no Vaticano.

A apresentação do documento pontifício contará com a intervenção do Secretário-Geral do Sínodo dos Bispos, Cardeal Lorenzo Baldisseri, e do subsecretário da Seção Migrantes e Refugiados do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral e Secretário Especial do Sínodo dos Bispos para a Região Pan-amazônica, Cardeal Michael Czerny.

Participarão também o teólogo e professor de espiritualidade da Pontifícia Universidade Gregoriana, Pe. Adelson Araújo dos Santos; a Vigária Geral das Servas de Maria Reparadoras; e o cientista e Prêmio Nobel em 2007, membro da Comissão de Ciências Ambientais do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Professor Carlos Nobre.

Do mesmo modo, o Bispo do Vicariato de Puerto Maldonado e Secretário Especial do Sínodo dos Bispos para a Amazônia, Dom David Martínez de Aguirre Guiné, realizará uma intervenção por meio de uma videoconferência durante a apresentação da Exortação Apostólica.

Documento final do Sínodo

Os resultados dos trabalhos sinodais foram coletados no documento final, divulgado em 26 de outubro de 2019. Em suas 30 páginas e 120 pontos, foram discutidos temas relacionados à conversão pastoral, cultural, ecológica e sinodal.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Categoria:Variedades